UM POUCO DE HISTÓRIA...
     
   
Recreio e Barra em 1971
   
     
   

ANO ZERO
 Lucio Lenz, caçador submarino que fizera seu aprendizado nas lajes da Barra, voltava de uma pescaria quando descobriu o terreno, então um areal semi-deserto. Lote no estado original, visto da Av. Monsenhor Ascânio olhando para a praia.


       
   

ANO 1973... Curiosamente, a "concepção" da Casa, aconteceu no luxuoso restaurante Feinkost Keffer, em Munique, que tem "decor" ambientado no período romântico da arquitetura alemã.
Se aquele estilo fazia sucesso lá, pensamos, o Colonial Brasileiro, trazendo de volta a lembrança da elegância e opulência do Império, seria apenas sensacional aqui!

Barraca e torre de sondagem

       
   

Ano 73 Sonhar é fácil, já fazer... Passamos quase um ano procurando um profissional versado nesse estilo.  Finalmente "o dragão da sorte" nos aproximou do arquiteto Ângelo Murgel, autor de projetos da envergadura como o Hotel das Cataratas, Club Caiçaras, sede do Iate Club Rio de Janeiro etc... Para nossa alegria, aceitou a empreitada e não poupou esforços para recriar o clima de uma época maravilhosa. Fundações. Notar total ausência de edifícios do lado esquerdo.

       
   

Ano 74. Como já foi dito antes, "dez por cento é inspiração e noventa por cento, transpiração"... Percorremos museus em Minas Gerais e Bahia em busca de modelos para móveis. As peças foram executados por um artesão em João del Rey, Minas,  usando-se Jacarandá Rosa, madeira hoje extinta. Não havia sequer água encanada durante a obra, a Cedae só fez a ligada um mês antes da inauguração.  As amendoeiras foram  plantadas durante a obra para se ganhar tempo. Vista da fachada principal.

   
   

Ano 75 . Desde o início a Casa tornou-se um ícone para os namorados. Milhares de casais a escolheram para o primeiro encontro, mais tarde trouxeram os filhos e, a dar ouvido a boatos, alguns netos já estão a caminho...
A valorização da nossa história atravéz de arquitetura genuinamente brasileira fez com que a Casa seja intensamente usada como cenário de dezenas de novelas e muitos filmes. Início da pintura...

       
   
   

Vista aérea do Vice-Rey em 1984. Amendoeiras já bastante crescidas. Em primeiro plano a Av. Monsenhor Ascânio; a direita a Praça do "Ó"; a esquerda a Rua Oman, todas ainda sem calçamento. A maior parte dos edifícios hoje existentes ainda não construídos. No fundo, a esquerda, a quadra de tênis, sem o muro atual.

   
   

Praia da Macumba, Recreio e Barra em 2009